Falso fisioterapeuta que atendia em sua própria residência é denunciado à polícia pelo CREFITO-12.

foto_01Um homem, que estaria exercendo a profissão de fisioterapeuta sem ter formação na área e inscrição junto ao conselho da categoria, foi flagrado através de uma ação de fiscalização do Conselho regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 12° Região (CREFITO-12), em parceria com a Polícia Federal e Polícia Militar do Estado do Amazonas.

foto_02O falso profissional atuava em uma clínica, aberta em sua própria residência. As denúncias chegaram até a Delegacia do CREFITO-12, em Manaus, durante uma visita do presidente, Dr. José Wagner Muniz e da diretora-tesoureira Labibe do Socorro Haber de Menezes. “Nós recebemos a denúncia, pedimos o apoio da polícia e imediatamente fomos investigar o caso”, explica o presidente do Conselho.

No local foram apreendidos equipamentos e aparelhos para fisioterapia em um espaço inapropriado com condições insalubres. Após o flagrante feito, o homem foi encaminhado para a sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos e o estabelecimento foi fechado.

foto_05foto_04

O presidente do CREFITO-12 ressalta que todo cidadão pode ajudar a denunciar esse tipo de falso profissional, através do Conselho, cuja atuação abrange os estados do Pará, Amapá, Tocantins, Roraima e Amazonas.

A intensificação das fiscalizações, inclusive é uma das metas de 2016 do Crefito-12. É possível solicitar informações sobre Fisioterapeutas ou Terapeutas Ocupacionais que atuem nestes estados e, além disso, oferecer denúncia sobre atividades ilegais de profissionais e empresas que atuem nestas áreas da saúde. O contato com o órgão pode ser feitos pelos telefones (91) 3249-1787 (91)3269-3808 (91) 3256-1653 ou por e-mail para a Ouvidoria (ouvidoria@crefito12.org.br) ou para o Departamento de Fiscalização (fiscalizacao@crefito12.org.br).